segunda-feira, 19 de abril de 2010

Dizem que amor, paixão, compaixão faz tão bem a alma, mas não entendo, eu sempre sinto dor. Muita dor (não leia tão alto). Talvez eu nunca amei.




mas a esperança resiste em algum lugar do meu corpo.

3 comentários:

Fernanda Zanol. disse...

Também sinto muita dor as vezes. Mas talvez este seja um sinal de que já amamos, sim.

bjaoo ;*

P.S.: teu blog me faz muito bem..

rafael Costa disse...

Há dor antes, durante e depois.

Abraço,

Rafa

Juh disse...

É muito dificil encontrar a sua verdadeira cara metade se o seu eu lirico não está bem. Não existe essa de deixar de amar. Quem ama uma vez, ama a vida toda. E claro, se corremos o risco de perder alguém, dói e essa dor nos corrói por dentro. A dor de amor será maior do que a dor da solidão que nos faz apaixonar por aquilo que nós estamos acostumados? Favoritei seu blog. Se quiser visitar o meu: http://umsorrisodeumveu.blogspot.com

Eles