domingo, 18 de abril de 2010

pelo menos você, coração, poderia falar e não só sentir.

2 comentários:

Fernanda Zanol. disse...

Verdade. Se ele falasse, pelo menos, seria um pouco mais fácil de entender o que ele nos faz sentir...

bjaoo ;*

rafael Costa disse...

Pra quê? Se ele falasse a gente continuaria não entendendo; não é pela linguagem fonada ou gráfica que dominamos os sentimentos, porque, afinal não o dominaremos nunca.

Abraaaço,

Rafa. )

Eles