sexta-feira, 14 de novembro de 2008

angústia 17

Eles me corroem dia seguido de dia, sentimento vazio, mas pesado consequêntemente, me entortam momento atrás de momento, a sabedoria lhes falta, compaixão nem se coloca em evidência, é estranho, alguns conseguem denominar como porto seguro, eu no minímo de favela rocinha, e ainda pedem/exigem amor, atenção, mas comigo no máximo conseguem serem um projeto de destruição não realizada com sucesso.

[Para um momento de dor e angústia, texto não feito pra entender, nem se quer ler, foi apenas um desabafo, uma angústia, que garanto não ser só minha].

2 comentários:

Vanessa disse...

pode ter certeza q não é só com vc.
eles são assim, mas no fundo só querem nosso bem.

ARCANO disse...

Você escreve muito bem.

:]

Eles