domingo, 26 de junho de 2011

café frio à janela,
um silêncio universal.

cinzas, cinza.
caneta, lápis, um notebook velho.

olhar perdido, olhar completamente perdido.
avulso.
grito avulso.
nada sai pela garganta, nada surge nas cordas vocais.

estou alheio à tudo que passa em meu entorno.
um giro sem ângulo concreto.

2 comentários:

Santuario by Srta. Rainho disse...

Muito bom seu blog...adorei

Santuario by Srta. Rainho disse...

Muito bom o seu Blog adorei, estou ficando viciada nisso e são poucos blogs com conteúdo, está de parabéns.

Eles