segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Postagem N° 195

É engraçado quando todos dormem e só você tem a visão do mar, parece que o mundo parou e a cafeína te dominou; assim como nos filmes Hollywoodianos que cresci desconhecendo e amadureci descobrindo.

Cada mente que neste instante dorme me pertence.

(3:00 AM)
O ponteiro do relógio não pára, ele nunca parou. Classifico o relógio, em minha mente, como o carrasco do mundo. O tempo sempre viveu em conjunto: Quando um ponteiro falha aqui no Ocidente, novos ponteiros são colocados em trabalho no Oriente.

Quem dirá que um dia o ser humano vai funcionar como e com o tempo?

2 comentários:

Arlequim disse...

"Classifico o relógio, em minha mente, como o carrasco do mundo".
ótimo!

Fe disse...

As vezes eu queria poder parar os ponteiros do relógio da vida... ou talvez não.

(Adorei essa imagem)

bjobjo ;**

Eles