terça-feira, 14 de outubro de 2008

#60, post.

todas as almas hoje almoçam,
comida de ontem, de hoje de amanhã,
vem batata recheada, sai strogonoff,
meu estômago já está embrulhado, e
essas almas ainda insistem,
nem cabe nada, aliás, nem sei porque elas comem,
elas vivem de sentimentos, de emoções,
são ridículas e futéis, assim como eu,
elas se dirigem ao centro, contam da vida daquelas que fazem regime,
parece comigo,
elas só querem se divertir,
parece comigo,
estas almas hoje se alegram,
perderam a razão,
desfrutram do consumismo, foram pecadoras,
suas angústias só vão ser maiores,
mas até ai, quem nunca teve uma angústia dentro de si,
quem nunca procurou resposta, ou perguntas,
estas almas são apenas reflexo da sociedade meu caro,
elas se apresentaram, fofocaram, comeram,
assim como vocês fazem todos os dias,
estranho? Não, comum,
mas são almas,
mas quem disse que as almas não pecam?
Quem disse que uma alma não pode ser ateu?
Que mergulha na lama, confundindo as letras,
mas se realmente for ateu, então não pecam,
apenas desfrutam com outros olhos.

3 comentários:

Arlequim disse...

"Quem disse que uma alma não pode ser ateu?
Que mergulha na lama, confundindo as letras,
mas se realmente for ateu, então não pecam,
apenas desfrutam com outros olhos."

Simplesmente perfeito.
Sempre encontro beleza aqui.

Beijão

Bruna Bo disse...

As suas angústias agressivas (e as não agressivas também) me chocam às vezes. Mas é no bom sentido, sabe? :)

Karine disse...

Lindo cara, simplesmente perfeito! Tudo que uma pessoa pode dizer numa hora de angustia.
beijos ;*

Eles