sábado, 28 de maio de 2011

#paulistanopaulista

hoje um poema me fez emocionar.
Sem dor.
Não chorei,
apenas emocionei.

Cigarro, multidão, poesia.
As pernas pra lá e pra cá,
em cima, embaixo em mim.

hoje um poema me roubou.
Sequestrou- me, tocou- me
com uma delicadeza de jardineiro;
como uma folha que já chorou.

Outono.

2 comentários:

Apenas Palavras... disse...

Gerson, olá :)
Lindos poemas...parabéns viu
Estou te seguindo, virei sempre por aqui.
Bjoss
Anny

Blog da Naay disse...

ameiiii o blog, parabens ;)

Eles