terça-feira, 30 de junho de 2009

-

a flor mais bela é aquela a esquerda,
a que procuro sempre desejar um bom dia.
a que passo as tardes ao lado;
e que toda despedida é uma facada,
mas o seu sangue eu fervo à saudade, em banho maria.
e a noite logo chega,
antes de durmir, desejar boa noite
é necessário, para uma noite tranquila,
mesmo que esta, agora seja sem trema.

3 comentários:

gerson oliveira disse...

só faltou a poesia no poema, ahahhaha

Fe disse...

post lindo como sempre.

Meus comentários já estão ficando repetitivos desse jeito ¬¬ heheh

bjaooo. ADOROOOO VC.

Blog da Satine disse...

apaixonante!
lindo demais...parabens!

Eles