quarta-feira, 1 de abril de 2009

21:34

eu um dia menti,
entreguei minha vida, e
senti seu ódio,
o ódio cria amor, e cria medos,
um medo corrupto,
uma vontade subversiva.
eu queria poder gritar,
dizer quem eu odeio, e o que odeio.
não é ódio.
É apenas sentimento ruim,
sem explicação,
tipo rancor que dói,
e que envergonha bem lá dentro.

Um comentário:

TORCIDA JOVEM PAPAGAIOS disse...

nooossa eu nao acredito em nda do que vc disse pq foi o dia da mentiraaa e td eh caoo... huashuhasuhs
to comentando nos blogs e querendo fazer novas amizades...
depois passa la no meu blog
www.mafiadospapagaios.blogspot.com
e se quiser me add no msn tbm
rapha_ceizs@hotmail.com

Eles