domingo, 25 de janeiro de 2009

#

Dessa vez eu não perdi nada,
aliás eu nunca perdi nada,
nunca me tiraram nada,
eu apenas deixei de utilizar.

Meus vícios são temporários,
meus amores são raros, e eternos (ou não),
prefiro me apaixonar por livros e filmes, e suas trilhas sonoras,
do que me apaixonar por algo que vai acabar amanhã,
ou morrer sem dizer um adeus.

2 comentários:

Tainá da Rua Morgue disse...

Nossa... que verdade isso
Eu apenas deixei de utilizar,

Prefiro me apaixonar por livros e filmes.

Sei disso, mais do que gostaria.

Arlequim disse...

Prefiro também.
Apaixonar-se por pessoas não é bacana inumeras vezes. :]
Beijos, querido

Eles